CONSÓRCIO CAPIM BRANCO ENERGIA

Programas Socioambientais

MONITORAMENTO DA ICTIOFAUNA

O monitoramento da ictiofauna foi iniciado em agosto de 2003, na fase de pré-enchimento dos reservatórios e, desde então, mantém campanhas sistemáticas em 8 pontos distintos, localizados nos reservatórios das UHE Amador Aguiar I e II, Trecho de Vazão Reduzida da UHE Amador Aguiar I, Córrego Terra Branca, na confluência com o Córrego Grande e a jusante dos barramentos.

Após captura, efetuada com redes de emalhar de tamanhos variados, os peixes são identificados, medidos e pesados ainda em campo. Em laboratório, as análises são refinadas, sendo avaliados os ovos, larvas, o conteúdo estomacal e determinado o estágio reprodutivo das espécies de interesse. Por meio dessa metodologia, torna-se possível avaliar riqueza, diversidade, abundância, comportamento alimentar e reprodutivo em cada ponto de coleta.

Os resultados obtidos no Programa de Monitoramento e Conservação da Ictiofauna permitem constatar que os reservatórios do Complexo Energético Amador Aguiar passam por um processo de reestruturação populacional e que a comunidade de peixes presente nesse trecho do rio pode ser caracterizada principalmente por espécies de pequeno a médio porte, sedentárias ou que realizam curtas migrações.